28 agosto, 2012




Aguarda. Ele vai revelar-se inesperadamente. Surgirá com um pequeno tombo duma folha em pleno inverno. Apoderar-se-á da tua alma sem que tenhas oportunidade de te precaver. Vai suscitar em ti estados de espírito nunca antes sentidos. Na tua cabeça, dar-se-á um enorme alarido, mas o teu coração jamais quererá, aos poucos, dilapidar. Vai progredindo e tu nem por isso darás. Ratifica-te que terás espaço suficiente para deixares um outro alguém penetrar o que de mais importante tens no peito. Não permitas que um ser ignóbil faça de ti o que bem entender. Mantém-te firme e trata de ser… feliz.
O amor. Ai, o amor!  

2 comentários:

  1. Querida,
    Mudei o link do blogue, se quiseres continuar a seguir-me, este é o novo link: http://withloveblogue.blogspot.pt/

    Beijinho :)

    ResponderEliminar